Pontos Fortes e Pontos Fracos

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam: “a prática não leva, necessariamente, a perfeição.”

No livro, Descubra seus Pontos Fortes, Marcus Buckingham e Donald Clifton afirmam que para desenvolver um Ponto Forte, em qualquer atividade, é necessário ter certos talentos naturais.

Nesse artigo, combinei algumas informações que considero relevantes para ajudá-los a identificar seus Pontos Fortes e orientá-los no que fazer com os Pontos Fracos.

O que é um Ponto Forte?

Um Ponto Forte é a maestria de fazer alguma coisa de forma constante e quase atingindo a perfeição. Esse desempenho deve ser estável e proporcionar grande realização e felicidade.

Ao construir um Ponto Forte a pessoa passa a ter um desempenho diferenciado e, geralmente, esse desempenho tem como objetivo a realização de um propósito maior.

Porém, para se conseguir ter Pontos Fortes, é fundamental que a pessoa tenha alguns talentos que facilite a performance.

Para isso, conhecer seus talentos e trabalha-los com técnicas e conhecimentos será de grande ajuda para fortalecimento de seus Pontos Fortes.

A compreensão de si mesmo, a identificação do que se faz melhor e com facilidade, o que se tem desejo de realizar; identificar as coisas simples, que se faz no dia a dia, que não exige esforço e proporciona alegria é melhor maneira da pessoa aprender a identificar seus Pontos Fortes.

Não é possível adquirir novos talentos, porém, o que se pode fazer é aprender algumas técnicas para desenvolver as habilidades necessárias para ter um bom desempenho em alguma área específica, o que não vem a ser o desenvolvimento de um talento, já que esse é algo que se tem natural e espontâneamente.

Já a pessoa que possui um talento e o aprimora com técnicas apropriadas, essa sim, é capaz de atingir a excelência.

Algumas pessoas têm Pontos Fortes e os utilizam de maneira indevida.

O excesso de autoconfiança por se ter um talento específico, algumas vezes, pode ser prejudicial se a pessoa não tiver humildade e integridade para administrá-lo.

No entanto, segundo Tom Rath, quando assumimos os Pontos Fortes nos tornamos mais confiantes e somos capazes de crescer.

E o que fazer quando temos Pontos Fracos?

Estudos comprovam que o mais importante é não dar muita atenção a eles. O que se deve fazer é, se os Pontos Fracos estão atrapalhando sua performance, amenizá-los com algum tipo de aprendizado e transformá-los em aliados para seu crescimento. Porém, se não atingirem, diretamente, a realização de suas metas e objetivos, é melhor deixá-los de lado e trabalhar para aperfeiçoar os seus Pontos Fortes.

 

Lenora de Oliveira Santos

Contato

Av. das Hortênsias, 2676, loja 6, Ed. Vale do Quilombo, Centro, Gramado, RS

Visualizar no Waze