Geração Flux

Na atual conjuntura, empresas e pessoas que insistirem em manter idéias fixas, práticas e comportamentos cristalizados perderão vantagem competitiva.

Estamos na época da incerteza e, mesmo assim, precisamos viver e crescer.

Nesse momento, é de fundamental importância ter uma mente aberta, criativa e inovadora; ser flexível e antecipar cenários.

Dessa desordem, ou nova ordem, nasceu a Geração Flux.

Os Fluxers são pessoas que não se intimidam com o caos, nem com a instabilidade; ao contrário, performam melhor nesse cenário e entregam excelentes resultados para as organizações.

Não existe limite de idade para ser um Flux, o importante é ser vigoroso, aberto às mudanças, ousado e não se contentar com as limitações.

E, em um cenário de incertezas e constantes mudanças, é fundamental desenvolver, na equipe de trabalho, algumas competências das pessoas Flux:

ser multi- tarefas, questionadoras, orientadas para resultados, dinâmicas, sem fronteiras, cooperadoras, flexíveis, integradoras, voltadas para o aprendizado, movidas por riscos, prezarem pela melhoria contínua, serem super conectadas, resilientes, adaptáveis e trabalhar pelo senso de propósito.

E, apesar de terem características tão ambíguas, as pessoas Flux têm bons hábitos alimentares, se exercitam e praticam meditação e/ou mindfulness porque sabem da importância do equilíbrio entre o corpo e a mente.

Para exemplificar um propósito de pessoas Flux: os inventores da NASA criaram um aplicativo para ajudar as pessoas a saírem do caos urbano.

Um Flux tem como motivação contribuir e repensar o seu papel no mundo.

Como antecipou Charles Darwin:

“Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente. Quem sobrevive é o que melhor se adapta às mudanças.”

Contato

Av. das Hortênsias, 2676, loja 6, Ed. Vale do Quilombo, Centro, Gramado, RS

Visualizar no Waze